O Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade tem o gosto e honra em anunciar que foi selecionado como um dos 10 finalistas da 10ª edição do Prémio Fundação Manuel António da Mota 2019, de entre cerca de 200 candidatos. Esta distinção, anualmente atribuída pela Fundação Manuel António da Mota, tem como objetivo premiar a organização e/ou instituição que melhor se destacou na área do desenvolvimento económico, social e ambiental em Portugal.

O Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade congratula-se com esta seleção de que foi alvo, sobretudo, tendo em conta o trabalho continuado de 15 anos de atividade em torno do direito universal à cidade através da adoção de medidas urbanas de mobilidade para todos, de promoção de uma nova cultura de mobilidade, atendendo à redução de emissões de CO2, de atribuição de certificados de acessibilidade e, ainda, na promoção de investigação, estudos e planos que enquadram e organizam a atividade.

Tem, ainda, como principal objetivo a construção de vilas e cidades inclusivas, a utilização de transportes sustentáveis, a defesa e preservação do património histórico, cultural e social e, por fim, o desenvolvimento de solidariedades com pessoas de mobilidade reduzida.